Como fazer cerveja artesanal

como-fazer-cerveja-artesanal

Fazer uma cerveja artesanal pode ser uma experiência divertida, fácil e com ótimos resultados. Diferentemente do que muitos imaginam, qualquer pessoa pode produzir uma cerveja artesanal em casa.

Por isso, nós decidimos explicar passo-a-passo como fazer uma cerveja artesanal para que você possa fazer em sua casa.

Listas de utensílios necessários:

  • Mangueira de Silicone
  • Saco de Nylon
  • Filtro
  • Balde fermentador
  • Tubo de enchimento
  • Garrafas

Listas de ingredientes necessários:

  • Extrato de Malte (líquido ou em pó)
  • Lúpulo
  • Levedura (o tipo de levedura depende do tipo de cerveja que você pretende fazer em casa)

Os ingredientes (extrato de malte, lúpulo, levedura) são a base para que você produza qualquer cerveja artesanal, podendo ser realizada adaptações para o tipo de cerveja artesanal que você pretende produzir.

Breve resumo de como fazer uma cerveja artesanal:

  1. Primeiramente, você deve colocar o malte em um recipiente com aguá quente para produzir o açúcar.
  2. Em seguida, após o malte ser efervescido, adicione o lúpulo.
  3. Esse processo produz o chamado “mosto”. Após colocar o mosto para resfriar, adicione a levedura apenas quando estiver devidamente para iniciar o processo de fermentação. As enzimas da levedura agem com o açúcar, fazendo liberar o Dióxido de Carbonatuno e alcóol etílico.
  4. Quando a fermentação principal for concluída, deve ser transferida o priming (açúcar diluído com água) dentro do balde com a cerveja fermentada.
  5. Por fim, resta apenas engarrar a cerveja, guardá-las por volta de 15 dias e, então, comemorar tomando com os amigos.

Limpeza e Sanitização

Você deve se certificar que todos os equipamentos, local de produção e utensílios estão limpos.

 O segredo principal da produção de uma cerveja com sucesso é a limpeza. Tudo que você vai utilizar e que possa entrar em contato com a cerveja deve estar devidamente limpo e desinfetado.

Certifique-se de lavar cuidadosamente todos os utensílios e, então, os deixar desinfetando dentro da água sanitária ou solução de iodo.

Sanitização com água sanitária:

A desinfestação com água sanitária é simples. Você deve misturar 30ml de água sanitária em 20ml de água e adicionar 30ml de vinagre. O vinagre faz com que a água fique mais ácida, o que ajuda no processo de desinfectação dos objetos.

Caso você tenha optado por desinfetar os utensílios dentro da água sanitária, você deve lavar os utensílios com água extremamente purificada ou água destilada antes de utilizar qualquer um desses objetos.  Caso contrário, vai deixar um gosto desagradável em sua cerveja.

Vale ressaltar que a água da torneira não é limpa o suficiente para ser utilizada nesse processo – é necessário uma água pura e limpa! Ferva a água para lavar os equipamentos.

Sanitização com iodo:

Já no caso da desinfectação através do iodo, você pode não precisa lavar os utensílios com a água. Entretanto, preste atenção às recomendações do rótulo.  Deixe os objetos os utensílios secarem naturalmente.

O processo de limpeza e sanitização é o mais crucial e importante na produção de sua cerveja artesanal.  Por isso, certifique-se que tudo está devidamente limpo e livre de bactérias sem pressa.  Todo cuidado com a limpeza nunca é demais.


 Início do processo de produção da cerveja artesanal:

 

1- Amolecimento dos grãos:

Após isso, coloque todos os grãos de sua preferência, seja de trigo ou cevada, em um filtro de nylom e mergulhe ele por cerca de 30 minutos em uma panela com um pouco mais de 10 litros de água quente. A temperatura da água deve estar por volta de 150 Graus.

Retire os grãos da água quente e deixe pendurado o saco com o líquido em algum local para que a água possa jorrar e secar. É importante frisar que você não deve em hipótese nenhuma torcer o saco para retirar a água, porque isso pode fazer com que os sua cerveja fique com um gosto amargo.

2- Mosturação:

Agora é o momento que você deve adicionar o extrato de malte e levar para ferver.

Os lúpulo devem ser acrescentados em determinados intervalados para que possa dar a cerveja um sabor, amargura ou aroma específico. Os manuais de produção de cerveja informam qual o tempo necessário para determinado resultado específico.

Normalmente, o Lúpulos é adicionado no começo do processo de produção de cerveja para dar um sabor amargo, mas em consequência o sabor e aroma são menos acentuados. Já quando o Lúpulos é adicionado no final do processo de cozimento isso gera um sabor e aroma mais forte, entretanto a cerveja não ficará muito amarga.

3- Resfrie o mosto.

Depois de você ter fervido todo o líquido, também chamado de mosto, você deve resfriar ele o mais rápido possível. A forma mais fácil de resfriar rapidamente é colocar o recipiente em uma pia ou banheira cheia de gelo.

Você também pode agitar o mosto levemente para que acelerar o processo de resfriamento, mas em hipótese alguma você deve resfriar a sua cerveja agitando ela rápido, porque isso vai dar gosto estranho a sua cerveja.

Assim que o líquido atingir cerca de 27 graus, o processo de fermentação pode inicia.

4- Fermentação:

Despeje todo o líquido em seu balde. Depois que o mosto da cerveja resfriou você pode agitar rapidamente a cerveja antes que a fermentação inicie. A levedura requer oxigênio e, por isso, você ainda pode agitar enquanto você coloca o mosto da cerveja dentro do balde.

Assim que o processo de fermentação começar, o líquido deve ser exposto a quanto menos oxigênio possível, porque isso pode fazer com que o aroma de sua cerveja seja perdido.

  • Com uma tela grande (você pode comprar a mais barata em lojas para acessórios de restaurante) você pode filtrar os resíduos do lúpulo do líquido.

Passo-a-passo do processo de fermentação da cerveja artensal:

  1. Adicione água suficiente para 20 litros de líquido. Em seguida, adicione o fermento. Algumas espécies de fermento necessitam ser ativadas anteriormente através da dissolução delas em água morna, outras podem ser adicionadas diretamente.
  2. Feche o fermentador com a tampa e também feche o ar do fermentador. Coloque o fermentador em um local escuro em que a temperatura seja relativamente constante (se você quer produzir uma cerveja do tipo ale, você deve manter dentro de um refrigerador, de outra forma, o ale não vai fermentar)   .
  3.  Depois de 24 horas deve ter pequenas bolhas estourando de dentro do fermentador. Se depois de 48 horas nada acontecer é porque as leveduras estão inativas.

5 – Engarrafamento:

Após o processo de fermentação, a cerveja deve ser mantida dentro do balde por mais ou menos uma semana para concluir o processo de maturação. Depois disso, a melhor parte: a cerveja está pronta para ser engarrafada.

Ferva o açúcar com um pouco de água e deixe esfriar. Em seguida, transfira o priming (açúcar diluído em água) dentro do balde com a sua cerveja fermentada e misture.

Atenção: A solução de açúcar deve ser na proporção de 6g de açúcar para 1 litro de cerveja.

Você deve tomar alguns cuidados na transferência da cerveja para a garrafas. É recomendado que você limpe e desinfete cuidadosamente o balde, sifão e válvula de enchimento com uma quantidade abundante de álcool 70.

Após a devida limpeza nos instrumentos, você deve começar a transferência de sua cerveja.

A transferência da cerveja pode ocorrer através do:

  • Balde de enchimento: Basta abrir a torneira e posicionar a garrafa embaixo dela para que seja preenchida com cerveja.
  • Balde comum:  Você terá que transferir a cerveja para o balde utilizando o sifão. Basta você conectar a torneira do balde à válvula de enchimento.  A partir desse momento acione a torneira e segure as garrafas na extremidade do tubo para realizar a transferência da cerveja.

Repita esse processo em cada uma das garrafas até que todas estejam engarrafas.  Quando tiver finalizado o processo de engarrafamento, tampe as garrafas.

6- Apenas diversão!

Guarde as garrafas com cerveja em temperatura ambiente e local escuro por pelo menos uma semana ou preferencialmente até duas semanas. . Após isso é só esperar gelar e beber com os amigos!

Login/Register access is temporary disabled